GENTE DE MORRO DO CHAPÉU

Octavaiano Gonçalves reside em Salvador. É  natural de Morro do Chapéu e em alguns anos vem postando em suas páginas no facebook  matérias  com o título  “Gente de Morro do Chapéu”homenageando  morrenses e famílias de nossa terra.

A sua mais recente publicação, foi feita uma  homenagem  ao ex-diretor do jornal Correio do Sertão, Paulo Gabriel de Oliveira. Veja a seguir:

HOMENAGEM A UM MORRENSE

PAULO GABRIEL DE OLIVEIRA

O distinto cidadão morrense Paulo Gabriel, que aparece ainda jovem numa das fotos postadas, é filho dos saudosos Odonel Gabriel de Oliveira e Palmira Pereira de Oliveira. Ele nasceu no dia 23 de junho de 1939 e desde jovem participou da vida sócio-cultural da cidade, uma vocação que parece ser uma característica da família do seu avô Honório de Souza Pereira, o fundador do Correio do Sertão. Ele é casado com Marilda Vasconcellos de Oliveira, conhecida por Perpétua, cujo matrimônio já comemorou a Bodas de Ouro, tendo os filhos Flávio, Édson, Marcos, Paulo Sérgio e Alex, quatro netos, três netas e duas bisnetas.

Na sua juventude, ele atuou no teatro ao participar de peças teatrais, como também, foi músico da Filarmônica Minerva e do Jazz Columbia. Na sua vida laboral foi admitido como funcionário público municipal no ano de 1963, no início da gestão do prefeito Genésio Valois Coutinho. Na prefeitura trabalhou em algumas áreas como a Tesouraria e a Junta do Alistamento Militar, exercendo por muitos anos a função de Tesoureiro.

Cabe ressaltar, que mesmo antes de aposentar-se, ele já ajudava na edição, na revisão e na impressão dos números do Correio do Sertão, juntamente com o seu tio Ulisses Valois, o Tota, de quem sempre foi próximo. Ao aposentar-se, levado pela idade avançada, os problemas de saúde e depois o falecimento do seu tio Adalberto Pereira, ele assumiu a direção do jornal em 1980, dando sequência ao valioso trabalho iniciado por seu avô e continuado por membros da sua família ao longo de um século.

Assim, ele foi diretor do jornal até 2010, quando passou a ser seu Diretor de Honra, e a partir de então, os seus filhos Édson e Paulo Sérgio assumiram a direção e o controle do segundo mais velho jornal da Bahia. E com a dedicação da família, esse valioso jornal morrense comemorou o seu centenário no dia 15 de julho de 2017, festejo registrado numa das fotos postadas com alguns membros da família Pereira, na qual ele aparece sentado ao lado da sua tia Deográcia.

Paulo Gabriel, já com mais de 80 anos, em cuja trajetória de vida, foi partícipe de fatos e registrou parte dos acontecimentos da história da nossa terra através da música e do teatro, como funcionário público municipal e, principalmente, atuando no segmento do jornalismo ao estar à frente de uma das mais importantes instituições preservadoras da cultura de Morro do Chapéu, o centenário Correio do Sertão, a maior fonte de dados escritos da história da nossa terra.

Diante da sua história de vida e pela contribuição que deu para a elevação do nome da nossa terra natal, o grupo Gente de Morro do Chapéu o homenageia por este texto ao trazer uma pequena parte da sua biografia. A ele, o conterrâneo Paulo Gabriel, auguramos mais anos de vida para ainda continuar acompanhando os acontecimentos e a prosperidade da sua terra.

Salvador, 24 de agosto de 2021

Octaviano Gonçalves de Oliveira

Morrense

Comentários Facebook
Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.