AS PESQUISAS E A SUCESSÃO ESTADUAL

A consulta ao eleitorado foi realizada entre os dias 19 e 24 de abril pelo instituto Paraná Pesquisas. O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), lidera o processo sucessório com 55,4%. A segunda posição é ocupada por Jerônimo Rodrigues (PT) e a terceira com João Roma (PL), respectivamente 16,1% e 10,1%.

Salta aos olhos que o pré-candidato do lulopetismo, obviamente do governador Rui Costa, que tem uma boa avaliação como gestor, iria crescer nas intenções de voto. Tem também o fato do ex-presidente Lula como um invejável “cabo eleitoral” na terra de todos os santos e orixás, enfim, de todas as matrizes religiosas.

João Roma, por sua vez, é o nome do bolsonarismo. Vai ter seu limite de crescimento em decorrência da alta rejeição de Bolsonaro na Bahia. A candidatura de Roma foi arquitetada com o intuito de oferecer um palanque para o projeto de reeleição do presidente da República de plantão. Dificilmente estará no segundo turno.

ACM Neto tem dois bons “cabos eleitorais” : 1) o forte e encrustado sentimento de mudança assentado em uma natural fadiga do PT, que com o fim do governo Rui Costa completa 16 anos na frente do poder maior do Executivo estadual. 2) as duas boas administrações como alcaide de Salvador. Ambas sendo avaliadas com uma aprovação acima de 70%, 75% pelos soteropolitanos, o que termina sendo um entrave para o discurso oposicionista da falta de experiência administrativa.

Na eleição presidencial, a presença de Lula no segundo turno é dada como certa, favas contadas. Matematicamente, 2+2 = 4. O mesmo raciocínio vale para ACM Neto ? Nos bastidores do petismo e do bolsonarismo, a resposta é sim, que Neto é o adversário na segunda etapa eleitoral.

No mais, a certeza de que teremos uma avalanche de pesquisas para todos os gostos, principalmente para satisfazer os interesses de quem contrata. Devo logo dizer, para não alimentar a maldade dos incendiários, que existem institutos sérios, merecedores de respeito.

As próximas consultas não vão mostrar nada de diferente em relação a essa da Paraná Pesquisas, salvo uma maior frente de Jerônimo sobre Roma. ACM Neto vai continuar com a esperança de liquidar a fatura logo no primeiro round.

COLUNA WENSE, TERÇA, 26 DE ABRIL DE 2022.

Comentários Facebook
Compartilhe essa notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *