Desde 1968 o Bahia não sofria quatro derrotas seguidas sem marcar gols; pior sequência de Dado

O Bahia, do técnico Dado Cavalcanti, vive sua pior fase desde a chegada do profissional ao time principal na reta final da Série 2020. São quatro derrotas seguidas, 11 gols sofridos e nenhum marcado. Esse fato não acontecia no Esquadrão desde 1968.

Apesar dos 11 gols sofridos nas últimas quatro partidas, se engana quem pensa que o problema é apenas na defesa, o setor ofensivo do Esquadrão que conta com o artilheiro da Série A, Gilberto, também não consegue marcar gols. O elenco curto tem sido bastante criticado por parte da torcida, que viu os principais atletas do time caírem de rendimento, o que culminou na atual fase do Tricolor. O jejum de gols é o maior da temporada.

O Esquadrão terá a chance de se recuperar no Brasileirão, no próximo domingo, diante do Sport, no estádio de Pituaçu, às 18h15. Caso reencontre o caminho dos triunfos, o time treinado por Dado Cavalcanti pode ganhar um animo maior para o jogo de volta das oitavas de final contra o Atlético-MG, sendo que na ida o Bahia sofreu uma derrota por 2 a 0.

Fonte: A Tarde

Comentários Facebook
Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.