Paraquedista lança mais de 100 milhões de sementes na Amazônia

O paraquedista Luigi Cani realizou um dos saltos mais importantes de sua carreira na região amazônica. Desta vez, o recordista mundial do salto com o menor paraquedas do mundo levou 100 milhões de sementes de 27 espécies de árvores nativas do bioma local para uma área remota desmatada no coração da região amazônica. A ação foi promovida pela Audi do Brasil.
“Passamos por um processo bastante exaustivo até reunir todas as ferramentas capazes de fazer essa ação se tornar possível. E não há sensação melhor do que o momento em que tocamos o pé novamente no solo e sabemos que tudo deu certo. As sementes coletadas para o projeto possuem índice germinativo superior a 95% e não necessitam de intervenção humana para germinar, portanto, em alguns anos veremos os frutos dessa ação inédita”, afirma o paraquedista Luigi Cani.
Para o salto, uma caixa de madeira biodegradável com mais de 1m³ e 300 kg de sementes foi lançada de uma aeronave a 14 mil pés. Quando chegou a 6500 pés da área desmatada, Luigi Cani mergulhou a 300 km/h, alcançou a caixa em queda livre e liberou as sementes na altura correta para garantir uma distribuição precisa e uniforme.
Fonte: Ciclo Vivo

Comentários Facebook
Compartilhe essa notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *